Profissionais, Rapidinhas

Renata d’Ávila é a primeira CSO da F.biz

A publicitária Renata d’Ávila (ex-Lew’Lara\TBWA) será a primeira profissional a assumir a recém-criada posição de chief strategy officer (CSO) da F.biz.

A chegada de Renata lança uma nova estrutura de trabalho. Ela unificará as equipes de mídia, planejamento e insights, simplificando processos e fortalecendo o poder de competitividade da agência.

Este novo modelo de atuação será decisivo para posicionar a F.biz como uma agência cada vez mais estratégica para os clientes. “A vinda de Renata e a criação da nova posição são fundamentais para consolidar o nosso trabalho em comunicação integrada, mantendo o digital como o grande diferencial da agência”, comenta Roberto Grosman, co-CEO da F.biz.

Renata desenvolveu projetos para as principais marcas do mercado brasileiro de anunciantes, como Nivea, Samsung, Credicard Citi, Kaiser, Gafisa, SKY, Nestlé, Fiat Varejo, Nissan, Friboi, Banco do Brasil, Visa, Gatorade, Absolut e Cacau Show.

Formada em Publicidade e Propaganda pela USP e com especializações tanto em Marketing quanto em Psicologia, a publicitária lista ainda em seu currículo a conquista de Effies para Sebrae, Friboi, Fiat e Nissan; IPA Effectiveness Awards para Nissan; e o prêmio Caboré 2014 na categoria Profissional de Planejamento.

“O digital não pode mais ser visto apenas como um meio e sim como comportamento e a sua influência na cultura pauta o nosso dia a dia, gostos, atitudes, política. Vejo em uma agência como a F.biz a oportunidade e a experiência para desenvolvermos estratégias cada vez mais relevantes e assertivas para os clientes e marcas”, frisa Renata d’Ávila, CSO da F.biz, que em mais de 20 anos de carreira acumula passagens pelas agências Y&R, Giovanni+DraftFCB, Santa Clara e Lew’Lara\TBWA.

“A Renata tem um know-how e uma história que poucos profissionais possuem. Não tenho dúvidas de que ela somará muito à agência e aos clientes”, destaca Guilherme Jahara, CCO da F.biz.

Foto de capa: Roberto Grosman, co-CEO da F.biz, Renata d’Ávila, CSO da F.biz, e Guilherme Jahara, CCO da F.biz. Créditos: Divulgação